Dúvidas? Agende uma Consulta: 11 3078-5088

Fraturas de Fêmur

Quais os Tipos de Fraturas do Fêmur?

Quebrar o fêmur infelizmente é mais comum do que você imagina. Confira abaixo quais são os tipos de fraturas do fêmur, causas, exames e muito mais.

O fêmur é o osso mais longo do corpo e fica localizado na região da coxa. Por ser um osso muito forte, para quebrá-lo é preciso muita força. Acidentes de carro, por exemplo, são a principal causa de fraturas de fêmur.

Em pessoas mais velhas, também são acometidas por fraturas no fêmur, mas em virtude do avanço da idade e da osteoporose.

Fraturas do Fêmur em Pessoas mais Jovens

Fraturas diafisárias do fêmur em pessoas jovens são frequentes devido a algum tipo de colisão de alto impacto. As causas mais frequentes são os acidentes no trânsito, de carro ou de moto. Outras causas são: atropelamentos, quedas de certas alturas e ferimentos por armas de fogo.

Fraturas do Fêmur em Pessoas mais Velhas

Nas pessoas mais velhas, também são comuns essas fraturas, mas as causas são outras. Com o avanço da idade e o surgimento da osteoporose, o fêmur se enfraquece e não suporta mais quedas. Assim, pequenos incidentes domésticos, podem causar grandes fraturas.

Critérios de Classificação das Fraturas

Os médicos descrevem as fraturas com os seguintes critérios:

  • A Localização da Fratura – a parte do fêmur que é quebrada.
  • O Padrão da Fratura  – por exemplo, o osso pode quebrar em diferentes direções, como transversalmente, longitudinalmente, ou no meio, quando a pele e o músculo acima do osso são rasgados pela lesão.

Fraturas do FêmurTipos de Fraturas do Fêmur

Os tipos mais comuns de fraturas do fêmur são:

Fratura Transversa: Neste tipo de fratura, a ruptura é uma linha horizontal reta atravessando o eixo femoral.

Fratura Oblíqua: Este tipo de fratura tem uma linha em ângulo através do eixo.

Fratura em Espiral: Linha de fratura circunda o eixo parecendo listras.

Fratura Cominutiva: Neste tipo de fratura, o osso quebrou em três ou mais peças. Na maioria dos casos, o número de fragmentos ósseos corresponde com a quantidade de força necessária para quebrar o osso.

Fratura Aberta ou Exposta: O osso se quebra, de tal forma que os fragmentos de osso aparecem através da pele, ou uma ferida penetra até o osso fraturado. As fraturas expostas envolvem frequentemente muito mais danos aos músculos ao redor, tendões e ligamentos. Elas têm um maior risco de , como as infecções, e demoram mais tempo para serem curadas.

Fratura Fechada – Os pedaços de ossos podem alinhar-se corretamente ou estarem fora do alinhamento (deslocados) e a fratura pode ser fechada (pele intacta).

Sintomas: Como saber se quebrei o Fêmur?

A fratura da diáfise femoral geralmente provoca uma dor intensa imediata. Mesmo em uma fratura fechada, se você estiver com esse osso quebrado, não será capaz de colocar peso sobre a perna lesionada.

História Clínica: O que ocasionou a Fratura?

É importante que seu médico saiba os detalhes de como você machucou sua perna. Por exemplo, se você estivesse em um acidente de carro, ele iria ajudar o seu médico para saber o quão rápido você estava indo, se você fosse o motorista ou um passageiro, se você estivesse usando o cinto de segurança, e se os airbags disparou.

Esta informação irá ajudar o médico a determinar como você foi ferido e se você se machucou em outro lugar.

Também é importante para o seu médico saber se você tem outros problemas de saúde, como pressão alta, diabetes, asma ou alergias.

Seu médico também irá perguntar-lhe sobre os medicamentos que toma.

Depois de discutir sua lesão e história médica, o médico fará um exame cuidadoso.

Com essas informaçãoes, ele irá avaliar o seu estado geral e, em seguida, concentrar-se em sua perna.

O seu médico irá procurar por:

  • Uma deformidade óbvia da coxa / perna (um ângulo incomum, torcendo, ou encurtamento da perna).
  • Fissuras na pele.
  • Contusões.
  • Peças ósseas que podem estar empurrando na pele.

Após a inspeção visual, o seu médico irá sentir ao longo de sua coxa, perna e pé à procura de anomalias e verificar o aperto da pele e dos músculos ao redor de sua coxa.

Se você estiver acordado, o seu médico irá testar a sensação e o movimento em sua perna e pé.

Tomografia Computadorizada ou o Raio-X?

O seu médico vai elencar qual o exame será o mais adequado, para diagnosticar o seu caso. Os exames mais comuns para uma fratura de fêmur são:

Raio-X – A forma mais comum para se avaliar uma fratura, que fornece imagens claras dos ossos. O Raio-X podem mostrar se um osso está intacto ou quebrado. Ele também pode mostrar o tipo de fratura e onde ele está localizado dentro do fêmur.

Tomografia Computadorizada – Se o seu médico precisar de mais informações depois de rever as radiografias, ele poderá pedir uma tomografia computadorizada. A tomografia computadorizada mostra uma imagem com reconstrução 3d de todo o membro.