Dúvidas? Agende uma Consulta: 11 3078-5088

Prótese de Revisão

Quando colocamos a Prótese de Joelho pela primeira vez, chamamos de Prótese Primária. E quando precisamos fazer a substituição da prótese antiga pela nova, chamamos de Prótese de Revisão. Quando a revisão total da prótese do joelho é recomendada?
  • Afrouxamento: De uma ou mais próteses devido ao atrito ao longo do tempo;
  • Desgaste: Incluindo afrouxamento ou quebra dos componentes da prótese;
  • Osteólise: Implante frouxo causado por osteólise. Osteólise ocorre geralmente ao redor do componente tibial, fazendo com que ele se solte do osso;
  • Infecção: O risco de infecção por um TKR é inferior a 1%, mas quando ocorrem infecções, é necessária uma revisão do joelho de um tipo ou de outro
  • Soltura: Para que uma substituição total do joelho funcione adequadamente, um implante deve permanecer firmemente preso ao osso. Com o tempo, no entanto, um implante pode se soltar do osso subjacente, causando dor no joelho.
Causas do Afrouxamento da Prótese
  • A causa do afrouxamento nem sempre é clara, mas atividades de alto impacto, excesso de peso corporal e desgaste do espaçador de plástico entre os dois componentes metálicos do implante são fatores que podem contribuir.
  • Além disso, pacientes mais jovens quando submetidos à substituição inicial do joelho podem “sobreviver” à expectativa de vida do joelho artificial.
  • Para esses pacientes, existe um risco maior a longo prazo de que a cirurgia de revisão seja necessária devido ao afrouxamento ou desgaste.
  • Em alguns casos, pequenas partículas que desgastam o espaçador de plástico se acumulam ao redor da articulação e são atacadas pelo sistema imunológico do corpo.
  • Essa resposta imune também ataca o osso saudável ao redor do implante, levando a uma condição chamada osteólise. Na osteólise, o osso ao redor do implante se deteriora, tornando-o frouxo ou instável.
Osteólise
  • Osteólise (seta vermelha) ocorreu ao redor do componente tibial, fazendo com que ele se solte do osso (seta azul).
  • Para que uma substituição total do joelho funcione adequadamente, um implante deve permanecer firmemente preso ao osso. Durante a cirurgia inicial, ela foi cimentada na posição ou era esperado que o osso crescesse na superfície do implante. Em ambos os casos, o implante foi firmemente fixado. Com o tempo, no entanto, um implante pode se soltar do osso subjacente, causando dor no joelho.
Metalose
Em cerca de 85% a 90% das pessoas que recebem um TKR, os implantes artificiais duram de 15 a 20 anos. Isso significa que, para os idosos, eles podem durar a vida toda. Mas em pacientes mais jovens, especialmente aqueles que mantêm um estilo de vida ativo, as próteses TKR podem eventualmente falhar, exigindo outra substituição mais tarde na vida.
×