Dúvidas? Agende uma Consulta: 11 3078-5088

Lesão Meniscal ou Lesão de Menisco

Lesão de Menisco

Sentir dor no joelho não é normal. A dor é um aviso do corpo de que algo não está funcionando bem. Quando existe esse sintoma, é necessário procurar a causa, que pode ser uma Lesão de Menisco.

O menisco é uma fibro-cartilagem em forma de oito, que tem como funções principais a absorção de impacto e a redução do atrito. Para cada joelho, existem 2 meniscos que, juntamente com os ligamentos, estabilizam a articulação.

Os meniscos ficam localizados entre a tíbia e o fêmur. Cada menisco tem uma superfície lisa, com grande capacidade de adaptar-se à compressão e de absorver impactos, deformando-se e retornando à sua forma original, após a ausência de pressão.

Principais Funções do Menisco

– Absorver impacto
– Contribuir para estabilidade articular
– Auxiliar na lubrificação
– Proteção da cartilagem

Tipos de Lesão

Podem acontecer 2 tipos de lesões: as traumáticas, após torções, traumas ou acidentes, e as degenerativas, mais frequentes acima dos 40 anos, ocasionado pelo desgaste.

Principais Sintomas de uma Lesão de Menisco

Os principais sintomas são: dor do joelho, edema, sensação de falseio, dificuldades para apoiar o pé no chão, limitação para flexo-extensão e bloqueio da articulação.

Tipos de Tratamento

De acordo com o diagnóstico, o médico ortopedista irá decidir qual o melhor tratamento para cada paciente. Os mais comuns são:

  1. Gelo – é um analgésico natural, que anestesia e desinflama a região afetada.
  2. Medicamentos – prescrição de analgésicos e anti-inflamatórios.
  3. Cirurgia do Menisco – por reparação ou remoção, pelo procedimento de artroscopia.
  4. Fisioterapia – de fortalecimento ou recuperação pós-operatória.
  5. Muletas – para auxiliar na recuperação pós-cirúrgica.

Reabilitação após a Cirurgia de Menisco

A reabilitação depois de uma cirurgia de menisco depende se todo o menisco foi removido ou reparado. Se a parte destruída do menisco foi removida, o paciente geralmente começa a andar um ou dois dias depois da cirurgia, e volta às atividades normais depois de duas ou três semanas. Entretanto, cada caso é diferente e o paciente deve consultar o seu cirurgião.

Recuperação do Paciente com Menisco Reparado

Caso o menisco tenha sido reparado, a reabilitação é mais intensiva. Depois da cirurgia uma joelheira é colocada no paciente, a qual permite movimentos controlados do joelho.

Depois de algumas semanas, o paciente pode começar a andar usando somente a joelheira. A partir do segundo mês, o paciente pode andar livremente e fazer alguns exercícios leves (bicicleta ergométrica, natação, etc.). Se a reabilitação for feita apropriadamente, o paciente pode retornar gradualmente às atividades físicas mais pesadas (corrida).

Porém, cada caso é único e o paciente deve seguir o médico e fisioterapeuta para um programa de reabilitação apropriado.